Páginas

Como escolher o champô perfeito

Para a escolha do champô adequado, devemos começar por pensar na nossa prioridade: a raiz ou as pontas. Nunca devemos esquecer que o cabelo nasce pela raiz, e não adianta ter as pontas hidratadas, se temos uma raiz constantemente oleosa, o couro cabeludo sensível e irritado ou queda de cabelo.



Couro cabeludo oleoso:
• Evite champôs hidratantes, de equilíbrio ou fortalecimento e que diminuam o volume. Estes adicionam muita humidade, fazendo com que fique ainda mais oleoso;
• Prefira champôs purificantes, mas tenha atenção para não secar demasiado. Nestes casos, pode alternar com champô neutro ou de uso frequente;
• Lave bem o couro cabeludo e retire muito bem o champô;
• Proibido aplicar condicionador na raiz

Couro cabeludo seco:
• Evite champôs de volume. Estes podem tirar a humidade necessária à sua raiz, correndo o risco de secar ainda mais;
• Procure champôs que promovam a humidade e a hidratação;
• Se tiver cabelo muito seco, com comichão e escamações, existem champôs específicos. Procure ingredientes como mentol ou óleo de mirra

Couro cabeludo normal:
• Champôs hidratantes são óptimos para aumentar a humidade, brilho e maciez. São bons para quem tem cabelos grossos, crespos e loiros;
• Champôs fortificantes são indicados para cabelos danificados ou quebradiços, dada a sua composição proteica;
• Champôs de equilíbrio são adequados para este tipo de couro cabeludo


Sem comentários:

Enviar um comentário